quarta-feira, dezembro 04, 2013

Ruínas da amizade

Estranho essa coisa de fim de ano. Eu geralmente escrevo mais no mês de dezembro de cada ano, pelo menos é o que eu tenho percebido no meu blog.

Este ano dezembro tá engraçado. A cada diazinho desses aí alguma pessoa vem me pedir desculpas por alguma coisa que me fizeram. Aí eu parei para pensar, ou eu sou uma pessoa importante para essas pessoas por se sentirem-se mal consigo mesmas e pedirem desculpas, ou elas se tocaram que agiram mal. De qualquer modo isso é muito bom, porque houve consciência de um erro. Eu perdoo. Eu desculpo. Não há porquê negar o perdão a alguém, elas precisam ser perdoadas, desculpadas, senão permanecerão se sentindo mal. Pelo menos foi isso que eu aprendi na vida. 

Hoje, dia quatro de dezembro, recebi essa mensagem no Whatsapp:


Ruínas da amizade
Quando você encontra alguém especial e se apaixona por essa pessoa, você começa a construir m relacionamento com os cuidados de quem constrói uma maravilha. Seus materiais básicos são constituídos de muito amor, companheirismo e dedicação. Até que um dia algo terrível acontece, jogando por terra toda sua construção. É desalentador e faz mesmo pensar que todo seu trabalho fora em vão. Mas isso é ledo engano: se construístes tudo realmente com beleza e pureza de sentimento, restará ainda uma magnifica amizade. Assim como as mais majestosas construções da humanidade deixaram suntuosas ruínas das quais cuidamos e admiramos, a amizade fruto de um amor de verdade, deve e merece ser preservada.


3 comentários:

  1. Anônimo1:34 PM

    Eu peço desculpas porque a pessoa é importante para mim...Também peço desculpas por ter magoado uma pessoa sem saber que meu ato, que era pra ajudar, não era...Perdoo e principalmente esqueço as reações devido a isso, porque MágoasxCâncer...isso não me pertence mais !!! Bjinhos garota do Blog...

    ResponderExcluir

Ficarei feliz em saber sua opinião