sexta-feira, agosto 23, 2013

O sal e sua relevância

Sal marinho natural
O sal, marinho natural ou mineral natural, foi o primeiro tempero da civilização.
É uma combinação de dois elementos químicos: Sódio (Na+) e Cloro (Cl-). O sódio é um metal tão instável que se inflama em contato com a água e o cloro é um gás letal. O resultado da combinação natural entre estes dois elementos, entretanto, resulta numa substância fundamental para a vida no planeta.
Nos animais, incluindo aqui os humanos, o sal regula a troca de água entre as células e seu meio externo, ajudando-as a absorver os nutrientes e a eliminar os detritos para a corrente sangüínea. O sódio é necessário para a contração muscular, incluindo as batidas do coração, e para a transmissão dos impulsos nervosos.
Na natureza os seres vivos adquirem o sódio dos alimentos, sem precisar adicionar alguma coisa, como no caso do sal refinado iodado usado pelo homem.
Ele começou a ser utilizado na culinária não por dar sabor aos alimentos, mas por seu potencial sanitário. Com um forte poder esterilizador, o sal conservava a comida, impedindo a reprodução de bactérias. Embora sejam extraídos de formas diferentes, o sal mineral, de minas subterrâneas e o sal marinho, da evaporação da água do mar, apresentam a mesma composição e causam os mesmos efeitos no corpo.
Do total de sal extraído no mundo, atualmente, cerca de 5% apenas é para consumo humano. A maior parte da produção de NaCl é utilizado nas indústrias, para diversos fins, tais como produção de NaOH, cloro gasoso, produção de papel, tecidos, cosméticos, tinturas, remédios, etc.
O sal de cozinha refinado iodado é uma mistura de alguns sais:
  • NaCl, cloreto de sódio - o constituinte principal, acima de 99%;
  • KI, iodeto de potássio - responsável pela presença de iodo no sal;
  • ferrocianeto de sódio e alumínio silicato de sódio, responsáveis pela diminuição da umidade do produto e evita que o sal puro empedre;
  • óxido de cálcio (cal de parede);
  • prussiato amarelo de sódio;
  • fosfato tricálcico de alumínio;
  • silicato aluminado de sódio;
  • agentes antiumectantes diversos, entre eles o óxido de cálcio e o carbonato de cálcio.
Fique atento na hora de ler o rótulo dos alimentos: eles trazem a quantidade de sódio, e não de sal, que eles contêm. Por exemplo, 6 gramas de sal equivalem a 2,4 gramas de sódio, e esta é a medida de sal ideal (4g a 6g de sal por dia) para o consumo do ser humano adulto. Medianamente as pesquisas apontam para um consumo que excede as 12 g diárias para adultos.
Os idosos devem comer menos sal (o ideal seria menos de 5 g por dia) porque tendem a reter mais sódio e também porque, com o envelhecimento, os vasos vão perdendo naturalmente a capacidade de distensão, sendo mais provável que desenvolvam hipertensão.
Aconselha-se que os pais não adicionem sal à comida das crianças até os dois anos de idade. Além de o leite materno e o sódio já presente nos alimentos suprirem suas necessidades, evita-se, com isso, que elas se acostumem a uma alimentação muito salgada, já que é nessa fase que se forma o padrão gustativo.
O sódio está presente na maioria dos alimentos, embora em quantidade pequena. Alimentos como carne, peixes e ovos podem suprir essa necessidade. O problema é que nossa alimentação é pobre em iodo, e o sal de cozinha é, por lei, enriquecido com essa substância.
O iodo é importante para a saúde e sua carência causa distúrbios irreversíveis em fetos, bebês e crianças. É um micro-nutriente essencial à síntese de hormônios da glândula tireóide, desempenhando um papel único na prevenção dos Distúrbios por Deficiência de Iodo – DDI, como bócio, cretinismo, surdez, retardo mental e abortos prematuros.
Há três décadas, vêm sendo adicionado ao sal destinado ao consumo humano para suprir suas possíveis deficiências na população brasileira.
O sal light é formado por uma mistura de cloreto de sódio e cloreto de potássio.
Embora os dois possam ser chamados de sal, eles afetam o organismo de formas diferentes. Enquanto o potássio regula a retenção de líquidos dentro das células, o sódio age fora das células. Embora seja recomendado a pessoas com hipertensão, o sal light não é indicado para pessoas com problemas renais. Embora o potássio não leve a doenças renais, problemas nos rins levam a um acúmulo de potássio no corpo, o que aumenta os riscos de problemas cardíacos.

O sal na Antiguidade
A palavra sal vem do vocabulário grego hals, halos, que tanto significam sal como mar. Da mesma raiz se deriva a palavra halita, dada ao cloreto de sódio encontrado em depósitos naturais, que é o sal gema.
O sal é de uso antiguíssimo. Os romanos consideravam-no como símbolo de sabedoria. Ainda hoje, um dos principais acessos de Roma chama-se "Via Salaria", era por esse caminho que chegavam as caravanas trazendo sal para a capital do Império. Eram as medidas de sal que se pagavam o trabalho dos obreiros, donde a palavra salário, usada ainda entre nós.
Homero conta de Nereus, rei do Mar, deu sal como presente de casamento a Peleus. Desde a antiguidade, esta dádiva dos deuses está associada tanto à religião quanto à bruxaria. O sal também tinha o poder de manter afastados o demônio e as bruxas. Na verdade, uma pessoa que comia alimentos sem sal era considerada altamente suspeita. A Última Ceia, de Da Vinci, retrata um saleiro derramado perto de Judas, apontando a sua traição.
Por volta de 800 anos antes de Cristo, a civilização Halstatt, na Áustria de hoje, escavava sal e o comércio desse produto primário muito necessário se espalhou por toda a Europa Central. Na África do Norte, durante o mesmo período, o sal era extraído de lagos salgados, utilizando-se de técnicas que ainda hoje são usadas.
Na Idade Média, os alquimistas usavam o sal como elemento entre o mercúrio e o enxofre e era, portanto, essencial à transmutação de metais. O sal era essencial para a preservação dos alimentos, portanto, foi o freezer de nossos ancestrais. Muito antes, pescadores holandeses tinham aprendido a usar sal para preservar o arenque, proporcionando, desse modo, uma fonte de peixe durante o ano inteiro para as populações européias. Pouco tempo depois, apareceu o bacalhau salgado.
A primeira fortuna capitalista, a dos Stroganon, teve como base a exploração, no século XVI, das jazidas de sal de Moscovia.


segunda-feira, agosto 19, 2013

E quando você se acha importante e nem é?

Reflexões e devaneios é o pensamento em prosa.
Talvez o pensamento nem seja de todo algo a ser controlado, se o fosse tudo o que pensássemos se realizaria.
Já postei aqui sobre telepatia, essa coisa de concentração do pensamento treinado a advinhar ou sugerir algo de outra pessoa distante. Já sonhei que algo estaria acontecendo e francamente, muito raramente aconteceu.
Nos últimos tempos tenho sonhado tanto e recordado de todos os sonhos quando acordo. Também aprendi recentemente que só sonhamos duas horas por noite, quando sonhamos, claro. Tem gente que nem sonha. Refaço o sonho e tento imaginar o que pode ser, ou o que vai acontecer. Na Bíblia mesmo há vários relatos sobre sonhos revelatórios e proféticos. Fato é que o que eu tenho sonhado não está acontecendo, rs.

Nesse simpósio, que fui no último sábado, sobre amor e psicanálise, refleti muito enquanto ouvia o que ia sendo dito. Acho que todo mundo fez isso. Ouvi de alguém que " a mulher encontra o homem em sua psicose". Céus! Sou mesmo psicótica!

Vou me explicar, essa frase quer dizer que praticamente Cazuza está certo quando disse que o amor a gente inventa, porque a mulher precisa pensar que o homem a deseja , para que só assim ela possa querê-lo. Sem isso a mulher não ama. Meio louco, mas é assim mesmo. Imagina você que quando nos interessamos por alguém, temos que ter a certeza, ou quase certeza de que o outro também tem o mesmo interesse, isso é exemplificado no típico exemplo do banheiro feminino de boate numa noite de boate. Clássico a amiga perguntar para a outra se o cara que ela está  de olho estava olhando para ela, claro que a amiga solidária vai dizer que sim. Vimos isso naquele filme Tudo para ficar com ele. Comédias romântica com viés de psicose.

Finalmente o meu exemplo que dá título a este post. Eu pensei que alguém que está distante ia querer me ver quando retornasse à cidade onde moro. Ledo engano o meu me achar importante, apenas por nutrir algum tipo de esperança de um desejo retribuído. Ainda tenho muito o que aprender sobre o masculino. Contudo o meu pensamento não está de todo errado, já que ele me informou que viria, se não era para eu saber, por que então dizer que veio? Essa dúvida eu ainda terei até que eu aprenda um pouco mais sobre comportamento.

domingo, agosto 18, 2013

Massacre de rinocerontes na África do Sul

Massacre de rinocerontes na África do Sul atinge ritmo nunca antes visto


A África do Sul alberga entre 70 a 80% da população mundial de rinocerontes (Foto: Roberto Schmidt/AFP)






O Governo sul-africano alertou nesta terça-feira (12) que este ano já foram mortos 245 rinocerontes no país, uma matança que, diz, continua a um ritmo nunca antes visto.
Do total de animais mortos, 147 foram assassinados mesmo dentro do Parque Nacional Kruger, no Nordeste da África do Sul, segundo o Ministério do Ambiente.
Este país alberga entre 70 a 80% da população mundial de rinocerontes, num total de 20.000 animais. As forças de segurança já detiveram este ano 161 pessoas, 138 das quais eram caçadores.
Mas apesar do reforço das medidas de segurança, os caçadores têm massacrado cada vez mais rinocerontes: 448 animais foram mortos em 2011, em relação aos 333 de 2010, aos 122 em 2009, aos 83 em 2008 e aos 13 de 2007.
O avanço da caça é explicado pelo comércio cruel do corno de rinoceronte na Ásia, em especial no Vietname, onde é usado na medicina tradicional. O preço no mercado negro aproxima-se daquele do ouro, cerca de 50.000 euros por quilo.

quinta-feira, agosto 15, 2013

Anuncie aqui

Casinha do filme UP

Ando muito aborrecida da vida.
Meu vizinho está construindo sua casa, e pra construir casas precisa-se erguer paredes. Malditas paredes que vão acabar com a minha vista de céu estrelado, com a minha visão dos dias de sol. Sol. Sentir o calor do sol na minha pele tem sido uma coisa rara desde que meus pais colocaram a cobertura na casa. Pedi tanto para não cobrirem a casa toda, mas ninguém me ouviu. Não bate sol em momento algum. Minto. bate sim, por uma hora ou duas num canto da laje, até que o sol vire no céu e a sombra reina.
 
Estou me sentindo aquele velinho do filme de animação UP. Como eu queria ter balões. Como eu queria uma casa no meio de um bem largo com o sol me acordando pela manhã no vidro da janela, ou a chuva visível molhando a terra – disse terra, barro, grama, plantas. Odeio área urbana.

terça-feira, agosto 13, 2013

Já pensou no real significado da palavra recalque?

Na psicologia o recalque é uma defesa automática e inconsciente com que são repelidas do consciente as ideias que são penosas ou perigosas.

Recalque na psicanálise

De acordo com Freud, o recalque é um dos conceitos fulcrais da psicanálise. Consiste em um mecanismo que remete para o inconsciente emoções, pulsões e afetos que são considerados repugnantes para um determinado indivíduo.
A repressão desses sentimentos para o inconsciente não os elimina do quadro psíquico, e podem causar distúrbios no indivíduo.
            ****************************************************************
já havia pensado nesta palavra e no seu real significado. Nunca entendi muito bem o que significava xingar alguém de recalcada. Eis que descobri que sofro de recalque. É mais ou menos assim: já me vi várias vezes na situação de não querer saber sobre determinada pessoa, ou algo que não saiu como eu queria. Literalmente eu não buscava qualquer tipo de informação sobre o assunto que me fazia sentir mal. Por ex, já gostei de um cara, mas ele não retribuiu, pra esquecê-lo, eu fiz isso. Isolei-me do problema. Isso é recalque, uma forma de não pensar naquilo que é um "problema", fugir, esquecer, anular o que me faz mal.
=)

Erotomania, você sabe o que é?

Estive pensando nessa coisa de amor e acabei descobrindo uma doença psiquiátrica com um nome incomum.

Na Antiguidade, era considerada uma doença por amor não correspondido. No século XVIII, significava prática excessiva de amor físico. No século XIX, o amor não correspondido passou a ser visto como uma forma de doença mental. Já a concepção atual retrata a Erotomania como uma crença ilusória de ser amado ou amada por outra pessoa.

Erotomania causa uma convicção delirante em um indivíduo de que outra pessoa está secretamente apaixonada por ele. As manifestações de tal delírio podem até fazer que a pessoa que sofre dessa síndrome pense que ela e a pessoa que supostamente a ama se comuniquem, de forma secreta, através de simples gestos do cotidiano. Curiosamente, é o que acontece em geral, a pessoa que é julgada como apaixonada tem pouco ou nenhum contato com o indivíduo que sofre de Erotomania e tampouco sabe que uma relação fictícia foi iniciada. É muito comum que o outro no relacionamento fictício sejam cantores, atores ou políticos. Por esse contexto, a Erotomania está relacionada nos casos de esquizofrenia.

Sobre sonhar com dentes

Tenho recebido inúmeros comentários sobre algum tipo de ajuda com relação à explicação em sonhar com dentes. Entendam que os dentes sã...