domingo, setembro 30, 2012


Você não sabe

O quanto eu caminhei
Pra chegar até aqui
Percorri milhas e milhas
Antes de dormir
Eu nem cochilei
Os mais belos montes
Escalei
Nas noites escuras
De frio chorei, ei , ei
Ei! Ei! Ei! Ei! Ei!...(2x)
A vida ensina
E o tempo traz o tom
Pra nascer uma canção
Com a fé do dia a dia
Encontro a solução
Encontro a solução...
Quando bate a saudade
Eu vou pro mar
Fecho os meus olhos
E sinto você chegar
Você, chegar...
Psicon! Psicon! Psicon!
Quero acordar de manhã
Do teu lado
E aturar qualquer babado
Vou ficar apaixonado
No teu seio aconchegado
Ver você dormindo
E sorrindo
É tudo que eu quero pra mim
Tudo que eu quero pra mim...
Quero!
Quero acordar de manhã
Do teu lado
E aturar qualquer babado
Vou ficar apaixonado
No teu seio aconchegado
Ver você dormindo
É tão lindo
É tudo que eu quero pra mim
Tudo que eu quero pra mim

Hoje, fazem três meses que eu fui traída, humilhada... Hoje fazem três meses que tudo acabou.
Embora hoje eu olhe pra frente, chego a pensar que só eu conto o tempo.
Em meu lugar já existe outra. Isso só comprova que homens só terminam com as mulheres quando já tem outra em seu lugar.
Esta música acima era a canção que ele dizia se lembrar de mim.
Eu continuo cantando pra ele: Você não sabe (sequer imagina) o quanto eu caminhei... pra chegar até aqui!
Eu nem sempre me sinto inspirada a escrever, porém nos últimos tempos era tudo o que eu queria, mas estava sem o notebook. pois é, este bonitinho que estou digitando agora, caiu no chão depois de eu ter passado por uma crise de estres com os pais do Gabriel. Desde o fatídico 19 de julho eu fiquei sem o meu pc querido. 

As vezes me sinto um drama em pessoa quando tento colocar a culpa dos meus problemas em alguém,  nem queria ser assim. Ontem por exemplo, eu escrevi e postei coisas sem ler depois. Não tive coragem de editar. talvez o que se tem vontade de escrever realmente não precise de edições  não vou corrigir frases nem o que eu quis dizer, no fundo eu só queria postar alguma coisa, seja ela qual for.

Queria ter dito que vi o filme A fera, gostei pra caramba, mas gostei nem por causa do filme em si, que afinal é fraquinho, mas porque o ator me lembra muito o Gabriel. Acredito que as coisas não acontecem mesmo por acaso, tem uma razão de ser e acontecer. As pessoas tendem vir e ir de nossas vidas. Sem querer ou já predestinado, eu vinha tendo vontade de escrever uma carta ao Gabriel, o filme , meio que coincidentemente me fez tomar a decisão de escreve-lo. Escrevi tudo o que estava sentindo, o que eu queria dizer-lhe. conversando com um amigo que lê meu blog, segundo ele, eu estou amando o meu ex. Coloquei isso na tal carta. não foi uma carta de amor que implora algo, nem uma carta de desaforo. de que me adiantaria escrever tais coisas a ele? Ele agora deixou claro em uma rede social que está namorando. Postou até fotos do lado dela. Não tinha feito isso comigo. Foi uma coisa meio implícita o nosso relacionamento. A verdade é que ele nunca gostou realmente de mim. dava pra perceber.

O importante é que hoje eu me sinto mais aliviada. Eu sei que ele leu a tal carta, e sei também que ele nunca vai me responder, assim como não fez com todas as mensagens que eu mandei, ou minhas tentativas de falar com ele por telefone ou pessoalmente.

Enfim, acabou! O rapaz que eu conheci não existe mais, ou pelo menos nunca existiu. Suas últimas palavras de que eu poderia me foder, que eu não posso obrigá-lo a falar comigo e blá blá, pareciam mesmo ser verdade. Um dia ele vai se lembrar de mim. Vai ver as merdas que fez.

Hoje estou me sentindo melhor. Parece que estou com a pessoa certa desta vez, alguém que pensa como eu. Não me cobra nada, não me julga, porém homens são todos iguais. Parecem perfeitos no início, na hora da conquista, mas depois a ilusão acaba e a realidade bate na minha cara. E dói.

sábado, setembro 29, 2012

Eu sei bem que estou atrasada ao postar um filme que passou no ano passado, mas que só agora eu vi.
Também sei e não canso de repetir que livros e filmes chegam até nós por alguma razão no tempo certo. Acho que o filme A fera, em nova versão teen chegou na hora certa. Tá certo, confesso, o ator britânico de 22 anos, Alex Pettyfer, me faz lembrar o ex.




Nem parece assim, é que mulher apaixonada tenta achar que o ser amado parece com um astro qualquer bonitinho. A boca até que parece mesmo. 

E ainda me culpam por gostar de homens mais jovens. Para tudo, Essa nova geração de homens de 20 são perfeitos. Corpos esculturais, rostos perfeitos além de lindos. Na minha época de adolescentes eles não tinham esses corpos e espinhas no rosto eram tão normais. 

Na verdade eu nem queria falar sobre o ator. Só estou postando porque ainda hoje eu gosto de conto de fadas, o problema é que o amor só é bonito nessas historinhas. Paciência, contos de fadas foram feitos pra gente sair mesmo da realidade.  
  
Confesso que vi este filme 5 vezes .
Não é um dos melhores filmes da minha vida.
Acho que nos últimos tempos eu tenha querido mesmo estar dentro de um filme ou viver um conto de fadas. Como quero um conto de fadas, ou pelo menos um pouco de carinho.


Dica da noite?
A imagem diz tudo...
Pois sim, andei meio triste neste meio tempo, até escrevi uma carta de 14 páginas para alguém, mandei entregar via motoboy e tudo mais. Uma daquelas cartas antigas escritas de próprio punho. Tinha tentado todos os meios modernos de comunicação, email, sms, facebook, telefone e nada. A pessoa não quer mesmo falar comigo e eu nem sei mesmo o motivo real disso tudo.Nunca havia conhecido pessoa tão reticente na minha vida. E pensar que o Thiago Cid , com sua personalidade tão peculiar ainda foi capaz de dar o braço a torcer e voltamos a conversar. Gabriel definitivamente é um caso a parte. Nunca vi,m ou conheci pessoa tão rancorosa como este rapaz. Não se manifestou sobre a carta. No fundo eu já sabia que isso ia acontecer, só que eu não queria acreditar. Sempre pensei que as pessoas poderiam deixar os rancores de lado de fossem adultas para aceitar o perdão. Eu falando de perdão. Nem fui eu quem cometi o erro. Vivendo, aprendendo e convivendo.

quinta-feira, setembro 27, 2012


Rei de Copas
Ferramenta de apoio
Imprima e aproveite ao máximo seu conselho de hoje.

RAZÃO E SENSIBILIDADE A SERVIÇO DO TRIUNFO

O Rei de Copas como arcano na posição superior recomenda neste momento que você entre em contato com aquela parte de sua alma que é sábia e sensível. Por intermédio da meditação, você saberá o momento certo para agir e obter os resultados que deseja em sua vida. Procure ouvir as pessoas mais velhas e experientes, Cleonice. Em nossa cultura que valoriza tanto a juventude, muitas vezes deixamos passar a sabedoria daqueles que viveram mais tempo do que nós. Ao mesmo tempo, procure ouvir os problemas dos outros; você perceberá como tem gente cujo sofrimento é imensamente mais intenso do que o seu! Neste momento, o mais importante é ver o lado do outro, abdicando da perspectiva egoística. Quanto mais você se ligar nas questões alheias, mais benefícios obterá.

Conselho: Auxilie os outros em seus sofrimentos.

segunda-feira, setembro 24, 2012


Tomar uma coca-cola com você by Frank O'hara




Tomar uma coca-cola com você é ainda melhor do que uma viagem a San Sebastian, Irun, Hendaye, Biarritz, Bayonne ou que ficar enjoado na Travessera de Gracia em Barcelona.  Em parte porquê nessa camisa laranja você parece um São Sebastião melhor e mais feliz.  Em parte porque eu gosto tanto de você. Em parte porquê você gosta tanto de iogurte. Em parte por causa das tulipas laranja fluorescente contra a casca branca das árvores.  Em parte pelo segredo que nos vem ao sorriso perto de gente e de estatuária.
  
É difícil quando estou com você acreditar que existe alguma coisa tão parada, tão solene, tão desagradável e definitiva como estatuária. Quando bem na frente delas na luz quente de Nova York, às quatro da tarde, nós estamos indo e vindo de um lado para o outro como a árvore, respirando pelos olhos de seus nós e a exposição de retratos parece não ter nenhum rosto, só tinta de repente você se surpreende que alguém tenha se dado ao trabalho de pintá-los.
  
Olho pra você e prefiro de longe olhar para você do que para todos os retratos do mundo, exceto talvez às vezes o Cavaleiro Polonês, que de qualquer maneira está noFrick aonde, graças a Deus, você nunca foi de modo que eu posso ir junto com você a primeira vez. E isso de você se mover tão bonito mais ou menos dá conta do futurismo, assim como em casa nunca penso no Nu Descendo a Escada ou num ensaio em algum desenho de Leonardo ou Michelangelo que costumava me deslumbrar e o que adianta aos Impressionistas tanta pesquisa.  Quando eles nunca encontraram a pessoa certa para ficar perto de uma árvore quando o sol baixava ou por sinal Marino Marini que não escolheu o cavaleiro tão bem quanto o cavalo.                  

Acho que eles todos deixaram de ter uma experiência maravilhosa que eu não vou desperdiçar por isso estou te contando.

quinta-feira, setembro 20, 2012


A vida é um estudo



Tudo o que for feito
Se direito
É mais fácil dar certo
A vida é assim
Tentou, ponto positivo
Nem quis, ponto negativo
Pontos, notas
Trabalhos, provas
A vida é um estudo
Lição de casa é para sempre
...

Sorriso...


Novidade!

Finalmente adicionei o aplicativo do blog no meu cel. Muitas postagens estão por vir. Beijinhos

domingo, setembro 16, 2012

ilusões da Vida
"Quem passou pela vida em branca nuvem,
E em plácido repouso adormeceu;
Quem não sentiu o frio da desgraça,
Quem passou pela vida e não sofreu;
Foi espectro de homem, não foi homem,
Só passou pela vida, não viveu."

Francisco Otaviano de Almeida Rosa 
(Rio de Janeiro, 26 de junho de 1825 — Rio de Janeiro, 28 de junho de 1889) foi um advogado, jornalista, diplomata, político e poeta brasileiro.
será que homens se apaixonam?
eles nos encontram por aí. correm atrás, nos conquistam, nos envolvem e depois dizem que a graça acabou.
meses se passam. é meio impossível de entender como não se apegam. é só aparecer uma outra pessoa que os instiguem e simplesmente eles nos trocam, como se fôssemos peças de roupas.
caramba, eu tenho passado por momentos que eu  me sinto perdida. eu achei que eu soubesse o que era certo e errado. eu achei que estar junto de alguém fosse ser tolerante e mesmo sem querer, pudéssemos deixar um pouquinho de nossas vontades para trás e passar a ser um pouquinho da pessoa que a gente aprendeu a gostar.
eu ando triste. triste como nunca estive. eu tenho repensado a minha vida toda. eu enho trefletido em quem  sou e em como as pessoas me vêem. acabei descobrindo que a imagem que eu tenho de mim é muito diferente da que eles fazem de mim.
eu devo ser mesmo um ser repugnante. nem acredito mais que eu seja inteligente, ou que eu tenha qualquer tipo de conhecimento. acho que eu vou voltar a ser EU CALADA. um ser introspectivo de novo. as pessoas ainda não estão preparadas para mim. eu não posso acreditar que eu fui julgada por eu ser quem sou e não uma máscara. as pessoas precisam de mentiras.
isso parece texto depressivo. não queria que soasse assim, mas que pelo menos seja reflexivo. minha reflexão.


Eu não sei se vc entra neste site. Eu não sei se vc me procura. Eu só queria que vc me ouvisse e olhasse pra mim pedindo desculpas. Não fui eu quem traiu. Não fui eu que julguei sem provas.

Passeio de Trem

Passeio de trem de São João Del Rei a Tiradentes.
Bem, no início do ano eu programei este passeio com o Gabriel e com o pessoal lá da empresa. Isso não foi possível com estas pessoas, porém o destino, ou a vida fez o evento acontecer ainda este ano, só que os personagens foram diferentes.
Acho que o que tem que acontecer acaba acontecendo de uma forma, ou de outra, mas sempre acontece.
Eu adorei o passeio. Me diverti pra valer. Tirei muitas fotos e matei a minha vontade de andar de trem. Claro que a viagem de trem foi bem rapidinha, coisa de meia hora, mas compensou casa metro de linha férrea. Além do passeio ter sido histórico, deu pra pensar um pouquinho na vida.
O passeio a Tiradentes foi bem instrutivo e reflexivo. 
Esta é a única cidade de Minas que não tem nada de modernidade, pelo menos em sua maior parte não existem postes e nem fios pendurados, por isso é a cidade histórica mais usada para fazer novelas de época. Sem contar que suas ruas ainda são feitas de pedras. Rs, como se balança andando de carroças ou de carros neste lugar.
O que me frustou um pouco, foi as igrejas não estarem abertas. Deve ser por causa da riqueza em ouro que tem ali dentro. Tive que me contentar com a área externa.

Enfim você chegou!

O Tarot e a Psicologia

Ψ Jung e o Tarot - Uma Jornada Arquetípica - O Tarô é um dos espelhos do  pensamento inconsciente.  - Cada uma das cartas...