quinta-feira, fevereiro 24, 2011

Trust umbrella

PENIS PEQUENO TEM SOLUÇÃO?


Segundo Dr. Hernando Chaves, colunista do site AskMen, ainda não existe solução médica comprovada cientificamente para aumentar o tamanho do pênis. A única saída para os menos afortunados, segundo ele, é o vibrador, que pode explorar melhor as áreas erógenas da parceira. E ele tranquiliza: tem mulher com tara por “deficiências” – ok, ele não foi nem um pouco sutil nesse comentário. Radicalismos à parte, há mulheres para todos os tamanhos – há aquelas que gostam de qualquer um, desde que funcione, as que vão evitar o sexo com um homem de pênis pequeno, e aquelas que sairão correndo quando vir um pênis grande.

O tamanho pode fazer diferença para a mulher (se ela for mais ou menos “apertadinha”), mas não para o prazer do dono. O tamanho nada interfere, por exemplo, na masturbação e seus efeitos. Hernando dá mais um conselho: toda a decepção do mundo não vai ajudar a crescer o pênis; só fará aumentar a ansiedade e diminuir a autoestima, principalmente na hora H. Para o especialista, o tamanho do pênis não é a resposta para todos os problemas sexuais. Afinal, é possível aprender novas posições e técnicas e se tornar íntimo de apetrechos eróticos.

Nota: segundo Chaves, a maioria dos estudos mostra que o tamanho médio do órgão sexual masculino é de cerca de 15 centímetros (ou seis polegadas) – com variações para mais ou menos.

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Quatro fases da TPM

Tá bom ou quer mais!!!!

* TPM em 4 fases (procura-se a autoria para entregar o Nobel)

* Segundo a visão masculina, dividiu-se a TPM em 4 fases principais:

*Fase 1 - a Fase Meiguinha*

Tudo começa quando a mulher começa a ficar dengosa,grudentinha. Bom sinal?
Talvez, se não fosse mais do que o normal.

Ela te abraça do nada, fala com aquela vozinha de criança e com todas as palavras no diminutivo. A fase começa chegar ao fim quando ela diz que está com uma vontade absurda de comer chocolate. O que se segue, é uma mudança sutil desse comportamento, aparentemente inofensivo, para um temperamento um pouco mais depressivo.

*Fase 2 - a Fase Sensível*

Ela passa a se emocionar com qualquer coisa, desde uma pequena rachadura em forma de gatinho no azulejo em frente à privada, até uma reprise de um documentário sobre a vida e a morte trágica de Lady Di. Esse estágio atinge um nível crítico com uma pergunta que assombra todos os homens, desde os inexperientes até os mais escolados como o meu pai:

- Você acha que eu estou gorda?

Notem que não é uma simples pergunta retórica. Reparem na entonação, na escolha das palavras. O uso simples do verbo 'estou' ao invés da combinação 'estou ficando', torna o efeito da pergunta muito mais explosiva do que possamos imaginar.

E essa pergunta, meus amigos, é só o começo da pior fase da TPM. Essa pergunta é a linha divisória entre essa fase sensível da mulher para uma fase mais irascível.

*Fase 3 - a Fase Explosiva*

Meus amigos, essa é a fase mais perigosa da TPM.

Há relatos de mulheres que cometeram verdadeiros genocídios nessa fase. Desconfio até que várias limpezas étnicas tenham sido comandadas por mulheres na TPM. Exagero à parte, realmente essa é a pior fase do ciclo tepeêmico. Você chega na casa dela, ela está de pijama, pantufas e descabelada. A cara não é das melhores quando ela te dá um beijo bem rápido, seco e sem língua. Depois de alguns minutos de silêncio total da parte dela, você percebe que ela está assistindo aquele canal japonês que nem ela nem você sabem o nome. Parece ser uma novela ambientada na era feudal. Sem legendas...

Então, meio sem graça, sem saber se fez alguma coisa errada, você faz aquela famosa pergunta: 'Tá tudo bem?' A resposta é um simples e seca: 'Ta' sem olhar na sua cara.

Não satisfeito, você emenda um 'Tem certeza?', que é respondido mais friamente com um rosnado baixo e cavernoso 'teenhoo.'. Aí, como somos legais e percebemos que ela não tá muito a fim de papo, deixamos quieto e passamos a tentar acompanhar o que Tanaka está tramando para tentar tirar Kazuke de Joshiro, o galã da novela que...

- Merda, viu!? - ela rosna de repente.

- Que foi?

A Fase Explosiva acaba de atingir o seu ápice com essa pergunta.

Sem querer, acabamos de puxar o gatilho. O que se segue são esporros do tipo:

- Você não liga pra mim! Tá vendo que eu to aqui quase chorando e você nem pergunta o que eu tenho! Mas claro! Você só sabe falar de você mesmo!

Ah, o seu dia foi uma merda? O meu também! E nem por isso eu fico aqui me lamuriando com você! E pára de me olhar com essa cara! Essa que você faz, e você sabe que me irrita! Você não sabe! Aquele vestido que você me deu ficou apertado! Aaaai, eu fico looooouca quando essas coisas me acontecem!

Você também, não quis ir comigo no shopping trocar essa merda!
O pior de tudo é que hoje, quando estava indo para o trabalho, um motoqueiro mexeu comigo e você não fez nada! Pra que serve esse seu Jiu Jitsu? Ah, você não estava comigo? Por que não estava comigo na hora? Tava com alguma vagabunda? Aquela sua colega de trabalho, só pode ser ela. E nem pra me trazer um chocolate! Cala sua boca! Sua voz me irrita! Aliás,vai embora antes que eu faça alguma besteira. Some da minha frente!

Desnorteado, você pede o pinico e sai. Tenta dar um beijinho de boa noite e quase leva uma mordida.

*Fase 4 - a Fase da Cólica*

No dia seguinte o telefone toca. É ela, com uma voz chorosa, dizendo que está com uma cólica absurda, de não conseguir nem andar. Você vai à casa dela e ela te recebe dócil, superamável. Faz uma cara de coitada, como se nada tivesse acontecido na noite anterior, e te pede pra ir à farmácia comprar um Atroveran, Ponstan ou Buscopan pra acabar com a dor dela.Você sai pra comprar o remédio meio aliviado, meio desconfiado 'O que aconteceu?', você se pergunta. 'Tudo bem'. Você pensa: 'Acho que ela se livrou do encosto'. Pronto! A paz reina novamente. A cólica dobra (literalmente) a fera e vocês voltam a ser um casal feliz.

Pelo menos até daqui a 20 dias...



P..S.: O PIOR NÃO É ISSO, O PIOR É QUE ELAS ESTÃO LENDO ISTO E ESTÃO DANDO RISADA!!! ESTÃO DIZENDO, SOU ASSIM MESMO, E DAÍ?

domingo, fevereiro 13, 2011

Amor para recomeçar - Frejat


Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo...

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante...

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar...

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem...

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Tubarão sem sorte

Há alguns dias, durante uma expedição no mar, Abernethy disse que um tubarão o confundiu com uma presa e o mordeu no braço, quase levando-o à morte por sangramento. 'Mas estou bem e vou me recuperar. Enquanto isso, milhares de tubarões não têm a mesma sorte e morrem diariamente.'
Para o conservacionista, os tubarões são essenciais para manter um 'equilíbrio saudável' no ecossistema marinho
Segundo Abernethy cerca de 100 milhões de tubarões são mortos por ano, 'geralmente de forma cruel, desmembrados enquanto ainda estão vivos'.
Ele diz dedicar sua vida à preservação dos tubarões. Remove ganchos e parasitas de seus corpos e faz campanha pelo fim da caça predatória, que tem como alvo a barbatana do animal.
















sábado, fevereiro 05, 2011

Relato de um homem

Relato de um homem...





Tudo bem, queremos meninas legais, sexy, taradas, bonitas, inteligentes e
boazinhas. Muito fácil falar, pois quando aparece uma assim, de bandeja, a
primeira coisa que a gente pensa, é: – Oba! me dei bem. Ficamos com elas,
uma vez, duas. Começamos a pensar que essa é a mulher que nossa mãe
gostaria de ter como nora. Se sair um namoro, vai ser uma relação estável.
Você vai buscá-la na faculdade, vocês vão ao cinema, num barzinho, vai ter
sexo toda a semana, tudo básico, até virar uma rotina sem graça.



Aí tu começas a olhar os caras bem vestidos e bem humorados, indo pra
noite pra arrasar com a mulherada e vai morrer de inveja. Vai sentir falta
de dar aquelas cantadas infalíveis na noite, falta de dar umas olhadas para
uma gata, ou de dar aquela dançadinha mais provocativa na pista. Você
pensa: – “Acho que não estou pronto pra isso, para me enclausurar pro resto
da vida nesse namoro”. E a boa menina se transforma numa mala, e ao poucos
vai surgindo um nojo dela, uma aversão. Quando você vê o nome dela no
celular, nem dá vontade de atender…



JÁ ERA!!! Daí aquela promessa de vida estável vai por água abaixo, se a
menina não se dá conta, a gente começa a ser grosso, muito grosso. E a
pobre da menina pensa: – “O que foi que eu fiz?” Coitada, ela não fez nada,
a culpa é nossa mesmo.

Aí, a gente volta pra nossa vidinha, que a gente odiava até semanas atrás.
A gente não vê a hora de sair e arrasar na noite, ou pegar aquela mulher
gostosona que sempre quisemos (mas que na verdade não passa de uma
piranha). Grande ilusão, você chega em casa depois da balada, sozinho e
fica tentando descobrir por que você não está satisfeito. De repente foi
porque a menina da night, a linda, gostosa, misteriosa, ficou contigo,
passou a mão, rolou algo mais, mas nem se quer pediu teu telefone…
FRUSTAÇÃO!

Daí, por mais que você não queira, você pensa na sua menina boazinha que
você deixou pra trás… Ela podia ter seus defeitos, mas era uma menina
legal, que ficaria ao meu lado me dando valor. Enquanto isso, a boa menina
chateada, lesada, custa a entender o que ela fez pra te ter afastado dela,
daí essa dúvida, vira angústia que vira raiva. Daí, a menina manda tudo
PUTA QUE PARIU! Não quer mais saber de nada, só quer sair beijando muitos
caras. Resolve não se envolver mais, pra não sair lesada, chutada ou
chateada. Muito bem, acabamos de criar uma MONSTRA!



O tempo passa e a gente continua na mesma, volta a reclamar da vida e das
mulheres. Elas só querem as coisas com homens cachorros e não estão nem aí
pra nós… Ou será que nós é que fomos os cachorros?? Elas estão assim por
culpa nossa. A mulher da night de hoje, era a boa menina de outro homem
ontem e assim sucessivamente. Provavelmente, essa nossa ex namorada, boa
menina, deve estar enlouquecendo a cabeça de outro homem por aí, e eu a
perdi para sempre, ela virou uma mulher enlouquecedoura e eu a encontrei na
balada (mais linda do que nunca) e ela???!! NEM OLHOU PRA MIM!!!

sexta-feira, fevereiro 04, 2011

Cisne Negro


Muito elogiado pela crítica e sucesso de bilheteria na estreia norte-americana, Cisne Negro chega aos cinemas brasileiros trazendo a história de Nina (Natalie Portman), uma bailarina assustadoramente perfeita que promete envolver o espectador do início ao fim do filme.

Integrante da companhia de dança de Nova Iorque, Nina tem sua vida totalmente consumida pela profissão, a fim de conseguir o tão sonhado status dentro do grupo. Essa grande ambição, porém, é apoiada de forma muito zelosa por sua mãe, a ex-bailarina Érica Sayers (Bárbara Hershey).

Quando o diretor artístico da companhia, Thomas Leroy (Vicent Cassel), anuncia que está a procura de uma nova garota para substituir Beth Macintyre (Winona Ryder), a primeira bailarina que irá se aposentar, Nina vê surgir a grande oportunidade de sua carreira. Apesar de ser a principal escolha para a produção de abertura da nova temporada, O Lago dos Cisnes, a bailarina veterana tem uma concorrente: a jovem e sensual Lily (Mila Kunis), que impressiona muito Leroy.

Numa teia de intrigas e competição, Nina, com potencial para interpretar o Cisne Branco - doce, gracioso e inocente -, desperta dentro de si a perfídia e a sensualidade, características ideais do Cisne Negro. À medida que a rivalidade e a disputa pelo papel principal se tornam uma amizade conflituosa, Nina, psicologicamente abalada, conhece seu lado sombrio e assustador - o que pode levá-la à autodestruição.

Assinado pelo diretor Darren Aronofsky (O Lutador), o longa venceu o Globo de Ouro na categoria melhor performance de uma atriz em Drama (Natalie Portman) e concorre ao Oscar em cinco categorias - melhor filme, atriz e diretor estão entre elas. Exibida pela primeira vez na abertura do Festival de Veneza, a obra, que teve orçamento de US$ 17 milhões, arrecadou mais de US$ 90 milhões até o final de janeiro.

quinta-feira, fevereiro 03, 2011

Estamos com fome de amor...


Estamos com fome de amor...
(JORNAL O DIA! Arnaldo Jabor)

O que temos visto por ai ???
Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.

Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plasticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer... mas???

Chegam sozinhas e saem sozinhas...
Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...
Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível.

E não é só sexo não!

Se fosse, era resolvido fácil, alguém dúvida?
Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!
Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama ... sexo de academia . . .

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos,
sem se preocuparem com as posições cabalisticas...
Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.
Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...
Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...
Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!"
Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal "beleza"...

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos...
Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário..
Pra chegar a escrever essas bobagens?? (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...
Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, familias preconceituosas...

Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados...

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado...
"Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...
Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem haver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...
E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...
Quem disse que ser adulto é ser ranzinza ?

Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele... E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?"
Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...
O que realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...
Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida"...

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo", então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!

Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

quarta-feira, fevereiro 02, 2011

Jackie Chan elogia o filho de Will Smith

HONG KONG - O ator Jackie Chan disse que a dedicação do astro-mirim de "Kung Fu Kid", Jaden Smith, às artes marciais coloca seu próprio filho no chinelo. O ator de 11 anos - filho das estrelas de Hollywood Will Smith e Jada Pinkett Smith - tem treinado com os mestres de Jackie Chan para seu papel na refilmagem do sucesso de 1984, "Karatê kid". O novo longa começou a ser rodado este mês em Pequim, na China.

Num diário no site oficial do projeto, Jackie Chan disse que estava profundamente impressionando com o progresso do pequeno Smith quando o visitou no mês passado em Los Angeles. O ator de Hong Kong - veterano dos filmes de ação - revelou que Jaden Smith aprendeu as lições chinesas de diferentes passos de kung fu, respondendo a ordens no idioma mandarim, e trabalhou com seu professor, Wu Gang, de acordo com os costumes tradicionais da China.

- Quando ele estava com sede, ele fez o tradicional gesto da mão, colocando uma na palma da outra, saudou e pediu permissão para beber água - disse Chan.



Jackie Chan disse que Jaden Smith aprendeu ainda a luta bêbada que se tornou famosa no filme dele de 1978 "Drunken master".

- Jaden colocou meu filho no chinelo! Eu dei a meu filho o melhor nas artes marciais do mundo e ele não se interessou em praticar mais. Em apenas dois meses, Jaden aprendeu muito. É um garoto muito talentoso - disse Chan, acrescentando que Jaden está pronto para atuar no filme "Kung Fu Kid".

O filho de Jackie Chan, Jaycee, é cantor e ator, mas não seguiu os passos de seu pai como astro de ação.

No diário, Chan revelou ainda que era cético no início com a possibilidade de Jaden interpretar o personagem pelo fato de ele ter crescido numa família privilegiada:

- Praticar artes marciais é um trabalho difícil. Leva anos para um perfeito soco ou chute. O pai do Jaden é uma celebridade famosa, e Jaden provavelmente sabe que ele pode avançar sem ter que trabalhar muito.

Jaden Smith contracenou com seu pai no filme "À procura da felicidade", de 2006, e apareceu também na refilmagem de "O dia em que a Terra parou", com Keanu Reeves, de 2008.

terça-feira, fevereiro 01, 2011

Soldado liga da guerra para a namorada, e deixa um importante recado para a mulher errada

Acabei de ler o livro com as cartas de amor de homens imortais que escreveram a suas amadas. Tudo bem que o livro terminas com algumas cartas de amor de oficiais das forças armadas nas primeira e segunda guerras mundiais. Contudo, lendo aqui e ali na internet me deparei com a mais pura declaração de amor e desespero que homem pode ter feito, ainda em tempos de guerra, só que no Afeganistão. Dessa vez não foi uma carta, mas uma ligação, ligação com pedido de casamento para o telefone errado.
Vejam:
Um misterioso soldado britânico, provavelmente servindo no Afeganistão, telefonou para a namorada, Samantha, grávida do primeiro filho deles.

Mas não a encontrou. Só a caixa postal. Resolveu, então, deixar uma mensagem. Muito emocionado e ainda sob impacto da morte de um dos colegas, que explodiu ao lado, era o retrato fiel da fragilidade da vida, especialmente sua vida, mais do que nunca vulnerável no extremo da guerra.

Em um minuto e meio, fez poucas e intensas declarações, tentando dizer o quanto significava para ele aquela vida que estava para nascer, seu “pequeno soldado”, e todo o amor que sentia por ela.

Ao final da declaração, o apaixonado combatente fez a mais importante das perguntas, e a pediu em casamento.

O problema é que a mensagem foi parar na caixa postal errada. Uma mulher de 44 anos, mãe de três, foi a destinatária do pedido. Sem saber o que fazer, a mulher entregou a mensagem ao Daily Telegraph numa tentativa de encontrar Samantha.

A gente espera, claro, que o rapaz telefone novamente para sua namorada e repita, como puder, tudo o que ele precisava dizer. Isso talvez aconteça no próximo mês, segundo prometeu. Ele já não tinha conseguido telefonar mês passado. “Você sabe como é por aqui”, desculpou-se.
Sim, a gente pode imaginar o funcionamento de um celular nas montanhas do Afeganistão.

Onde estará Samantha?

“Oi querida, sou eu. Desculpe não pude ligar mês passado. Você sabe como é por aqui. Eu devo voltar em três meses, então poderemos estar juntos novamente. Mas um dos meus colegas acabou de ser explodido perto de mim… então…Eu estou triste. Eu estou muito triste…Nós vamos criar um link de vídeo…eu tô tão triste de não conseguir falar contigo agora…mas eu vou te ligar mês que vem, ta? Nunca se esqueça que eu te amo. Eu te amo tanto. Eu te amo de todo coração. E…e eu ia te perguntar, não responda, óbvio, você não pode responder, mas você se casa comigo? Eu te amo. Eu estou tão triste de não ter te encontrado agora. Mas eu te amo, você sabe que eu te amo, não sabe? Mal posso esperar para você dar a luz meu bebê, meu pequeno soldado, você é minha pequena soldado.
Eu farei tudo que posso…eu farei o meu melhor…para lutar…para proteger vocês…minha mãe.
Eu tenho que ir. Eu te amo, de todo coração. Não se esqueça nunca disso, que eu te amo.
Tchau. Tchau-tchau”


Enfim você chegou!

O Tarot e a Psicologia

Ψ Jung e o Tarot - Uma Jornada Arquetípica - O Tarô é um dos espelhos do  pensamento inconsciente.  - Cada uma das cartas...