terça-feira, agosto 13, 2013

Erotomania, você sabe o que é?

Estive pensando nessa coisa de amor e acabei descobrindo uma doença psiquiátrica com um nome incomum.

Na Antiguidade, era considerada uma doença por amor não correspondido. No século XVIII, significava prática excessiva de amor físico. No século XIX, o amor não correspondido passou a ser visto como uma forma de doença mental. Já a concepção atual retrata a Erotomania como uma crença ilusória de ser amado ou amada por outra pessoa.

Erotomania causa uma convicção delirante em um indivíduo de que outra pessoa está secretamente apaixonada por ele. As manifestações de tal delírio podem até fazer que a pessoa que sofre dessa síndrome pense que ela e a pessoa que supostamente a ama se comuniquem, de forma secreta, através de simples gestos do cotidiano. Curiosamente, é o que acontece em geral, a pessoa que é julgada como apaixonada tem pouco ou nenhum contato com o indivíduo que sofre de Erotomania e tampouco sabe que uma relação fictícia foi iniciada. É muito comum que o outro no relacionamento fictício sejam cantores, atores ou políticos. Por esse contexto, a Erotomania está relacionada nos casos de esquizofrenia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficarei feliz em saber sua opinião